Quando eu tinha cinco anos de idade, a minha professora do jardim de infância descobriu que eu via a Aura das pessoas. 

Ela me observou por meses e percebeu que, às vezes, eu olhava para meus colegas ou funcionários da escola modificando minha forma de olhar e desenhava em um papel blocos coloridos. Passou a guardar esses desenhos e trazia as pessoas desenhadas para que eu pudesse desenhar de novo e os desenhos eram idênticos.

Em um segundo momento, ela resolveu ampliar o tempo entre um desenho e outro, dois meses ou três meses de intervalo desde o primeiro desenho. E o segundo desenho continuava igual. 

Fez outras experiências comigo. Por exemplo, ela me perguntava o que significava cada bloco colorido e ao me ouvir descobriu que eu captava tipos de comportamento, emoções ou doenças das pessoas que eu desenhava.

Comunicou a minha família e teve como resposta a minha retirada da escola e mudança de cidade. Fiquei três anos sem frequentar escolas e totalmente proibida de brincar com lápis de cor e desenhar.

Quando os lápis de cor voltaram eu já estava com oito anos. Voltei a desenhar as auras das pessoas e fui, mais uma vez, retirada da escola e proibida de brincar com lápis de cor. Entendi que não poderia mais reproduzir esse tipo de desenho. No entanto nunca deixei de ver a Aura das pessoas. 

Nesse período já tinha amplo contato com um Amigo espiritual. 

Com o tempo fui selecionando onde e com quem poderia desempenhar esse trabalho. 

Cresci, tornei-me terapeuta, entre outras profissões, e no meu trabalho como terapeuta também selecionava quem e onde eu poderia oferecer a possibilidade de leitura de Aura.

Há 25 anos inclui a Leitura de Aura nos meus trabalhos para pacientes que tivessem abertura e sensibilidade para tanto.

Com o passar do tempo comecei a perceber propostas para esse trabalho no mínimo estranhas: alguns pacientes passaram a trazer fotografias de seus filhos e parentes para que eu comentasse sobre a Aura e os chakras. Eu lhes explicava sobre a impossibilidade desta tarefa. Não é possível detectar o Campo Áurico, Campo Electromagnético através de fotografias. 

Comentei com algumas pessoas sobre esses acontecimentos. Queria entender como surgiu esta ideia nas pessoas e fui surpreendida com uma série de livros, textos e reportagens de pessoas afirmando que era possível ver a Aura, o campo eletromagnético nas fotografias. Na sequência começaram a dar cursos para ensinar as pessoas como verem o Campo Áurico de outras pessoas. Estudei muito o tema energia e conversei com o meu Amigo Espiritual, vi claramente que isso também não é possível. Mas resolvi me calar. Senti medo de ser mal interpretada ao afirmar o resultado dos meus estudos; por ver a Aura e os procedimentos que preciso fazer, como alimentação, horas de sono, uma série de preparos para conseguir ver com profundidade, além do talento natural. 

Temi receber prejulgamentos, preconceitos. 

Pois bem, no próximo mês completarei cinquenta e seis anos. A idade, o amadurecimento traz muita liberdade, o medo diminui, o prejulgamento e o preconceito das pessoas já não me acessam.

Há alguns dias vi um vídeo de pessoas afirmando ser possível roubar chakras de outras pessoas e com isso prolongar o tempo de vida na Terra do ladrão de chakras. 

Os chakras são órgãos pessoais e intransferíveis. Também não é possível roubar, doar, vender, emprestar os chakras para outras pessoas. Penso que começo a entender com mais clareza o que é o apocalipse, o que é um processo de bestialização. 

Se você que lê este texto acredita que através de um curso poderá ver a Aura de outras pessoas ou que pode roubar os chakras de outras pessoas ou que alguém pode roubar os seus chakras, enfim, outras alusões dessa natureza, fique com a sua abertura espiritual. O primeiro significado dessas conclusões é que você começa a ser tocado para compreender o seu Corpo Soma, a sua totalidade. Porém, procure ler com muito critério, a dúvida recicla a crença, quando o que está escrito é uma verdade. 

Procure se informar, ter uma visão espacial do todo, questionar muito antes de acreditar nos conceitos citados acima, nesse texto. 

Eu já trabalho com esse tema há vinte e cinco anos, preciso me dedicar muito para atender as inúmeras pessoas que me procuram. 

Para selecionar o meu público para esse trabalho, quando fui e vou a jornais, televisão, mídia, para falar sobre os meus livros nunca divulgo esse trabalho, exatamente para facilitar um processo de seleção que otimize meu tempo, dedicando meus horários a pessoas que me procuram para compreender mais sobre esse assunto.

Percebo que pessoas com mais profundidade, seriedade, aproveitam esse trabalho. Caso contrário, não há nenhuma utilidade. 

Há alguns anos, um Amigo me sugeriu que quando eu estivesse fazendo leitura de Aura, que filmasse o momento para que as pessoas pudessem ver como é esse processo. Ele também estava preocupado com a superficialidade e desvios inseridos a esse tema tão importante. Apesar de ter protegido o meu trabalho dessa banalização, desse mercado, hoje resolvi escrever esse texto.

Infelizmente a banalização não atinge só quem ainda não se despertou para esse tema afastando ainda mais as pessoas que ainda não chegaram para esse momento, cruelmente também atingem corrompendo o conhecimento para quem inicia sua busca por informações sobre a complexidade que é ser um ser vivo em processo de evolução e completar o seu ciclo humano com um mínimo de lucidez. É possível perceber que ainda não somos humanos completos. Quando atingirmos essa evolução não haverá mais fome, roubo, corrupção, crimes, suicídios, homicídios, estupros em planeta Terra. Um passo importante para que o homem alcance esta evolução é compreender, assimilar a sua porção espiritual e energética. E qualquer banalização sobre esse tema induz a erros que podem levar séculos, milênios para serem corrigidos.

É como posso contribuir, dividindo a minha experiência de vivência profunda de cinquenta anos com os temas Energia, Campo Áurico, Campo Electromagnético, Magnetismo, Sintonia e Sincronicidade, Ação e Reação, Causas e Consequências, Átomos, Células, Mitocôndrias, Glândulas, Sinopses, Consciência e Inconsciente. 

Obrigada por sua atenção mesmo que não tenha alcançado, neste momento, a minha intenção,

Halu Gamashi
Lucerna/Suíça 11/01/2018 15h31min

 

11 Comentários

  1. Edinei Sena Cristal

    Que historia de vida Halu,penso em como deve ser dificil as vezes, ter um grau de lucidez,devido a sua sensibilidade maravilhosa,e ter que conviver com as “trevas“de algumas consciencias,principalmente em tempos de redes sociais,onde muitos nao querem ouvir ou refletir e preferem o comodismo ,a conveniencia do “mundo antigo“…e atacam pra defender suas “verdades inquestionaveis“…que Deus e os amigos da espiritualidade,sempre estejam no seu coraçâo,te dando força para que em momento algum voce esmoreça na caminhada desse planeta tao lindo,mas que o deixamos como um ´´hospicio mental“com as nossas energias…obrigado,por lutar para fazer dele sempre melhor….

    Responder
    • Halu Gamashi

      Muito obrigada querido, são vibrações como esta que me fortalecem.

      Responder
    • Cleonice Linhares de Farias

      Bem isso…força e luz Halu.

      Responder
  2. Deuzimar Oliveira

    Bom dia minha cara! Gostei muito do que vc escreveu,e por um acaso eu a rncotrei no you tube, gosto muito de tentar entender o mundo espiritual, as vezes eu me assusto com certas coisas,gostaria de saber de vc se eu tenho essa possibilidade de me comunicar com o outro plano,o que devo fazer para desenvolver isso,sem me amedrontar?

    Responder
  3. Marcia Valeria Santos Rocha

    Bom dia Halu! Gostaria
    Muito de fazer a leitura da minha aurea com vc! Como faço? Moro no
    Rio de Janeiro!
    Obrigada

    Responder
    • MARIA EDILENE VIEIRA SANTOS

      Olá..vc conseguiu agendar leitura de aura com a Halu.. Gostaria muito de conseguir agendar.

      Responder
      • loiola madalena de jesus

        Boa tarde, Halu! Estou assistindo o Planeta em Oração todos os dias e acompanhando o teu belo trabalho. Eu tenho interesse em fazer a minha leitura de aura. Você realiza esse trabalho online? Teria tempo para fazer esse trabalho, pois eu vejo como você tem muitas obrigações com a família eletromagnética.

        Responder
  4. Diana

    Olá Halu…gostaria mt de um e-mail ou seu zap…sou Diana….preciso mt de ajuda…meu zap 21 99435-3643
    Eu aguardo
    Mt obrigada
    Diana Neves

    Responder
    • Isabela Silva Santos

      Boa tarde, Halu! Estou assistindo o Planeta em Oração todos os dias e acompanhando o teu belo trabalho. Eu tenho interesse em fazer a minha leitura de aura. Você realiza esse trabalho online? Teria tempo para fazer esse trabalho, pois eu vejo como você tem muitas obrigações com a família eletromagnética.

      Responder
  5. Neusa Silva

    Como está sendo bom conhecer uma pessoa abençoada assim, com uma resposta esclarecedora. Me sinto muito bem quando te ousso. Deus abençoe 🙏🙏

    Responder
  6. Márcia Magalhães

    Oi Halu, sou Márcia. Também membro do canal do YouTube e aluna de Astrosofia. Gostaria de fazer apenas uma leitura de aura. Como proceder? Bjos eletromagnéticos ❤❤

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vídeos

MESTRES ASCENCIONADOS, os 144 MIL e a ENERGIA DO GRAAL

Categorias

Arquivo

Categorias

Arquivos