Fluidoterapia, Ciência Alquímica da Alma.

Eu sou terapeuta há 30 anos.

Há 25 anos me dedico às terapias corporais por confirmar a autenticidade destas terapias.

É muito importante para a saúde termos consciência corporal, conhecer o nosso próprio corpo, aprender o diálogo que existe entre todos os nossos órgãos e a nossa mente. Este é um dos ganhos das terapias corporais, existem muitos outros.

Dediquei-me integralmente as terapias corporais e aprendi sobre a relação, a conexão, ou a falta dela, com o corpo emocional e o campo eletromagnético. A intuição, por exemplo, é uma efeméride da comunicação de um órgão físico e a organização límbica cerebral. A partir daí criei e desenvolvi a Fluidoterapia, objetivando estimular meus pacientes a ampliarem o contato entre os corpos físico, emocional e espiritual, tornando-os mais perceptíveis aos avisos que esta conexão oferece.

O nosso corpo é uma soma de fluidos, o sangue e o suor são os mais conhecidos. O éter também é uma presença fluídica no nosso corpo material. As nossas emoções são reações fluídicas, bem como a inspiração, os talentos, as intuições, os sonhos e, ainda, as premonições e todos os demais acontecimentos cujas expansão e profundidade dependem da sensibilidade de cada um de nós.

As terapias corporais têm uma aplicação diferente das terapias verbais e das medicinas diagnósticas.

As terapias corporais atuam em um nível além do verbal.

Nas terapias verbais o paciente aprende a desenvolver uma opinião, autoconhecimento através do diálogo com seu terapeuta, psicólogo, etc.
Nas terapias corporais este diálogo atrapalharia todo procedimento que já foi esclarecido aqui, principalmente porque interromperia a autorrelação, o autoconhecimento, a auto-descoberta do paciente com seu próprio corpo.

Por tudo isto, criei e desenvolvi a Fluidoterapia não interferindo nesta preciosa relação que as pessoas desenvolvem consigo mesmas favorecendo a autocura que é a troca fluídica entre os órgãos físicos e os órgãos sutis.

O contrário da doença não é a Cura, o contrário da doença é a saúde. A Cura nos nossos pacientes está sempre presente.

Uma das funções da Fluidoterapia é estimular esta Cura Existencial presente em todos nós.

Obrigada pela atenção, Halu Gamashi

II.
Comecei a desenvolver, há trinta anos, uma terapia que denominei Fluidoterapia. Busquei de todas as formas situações que eliminassem a sugestão objetivando que o próprio paciente desenvolvesse, através dos resultados, opinião própria definindo frequência para continuidade ou liberdade para a interrupção quando achasse conveniente.

Promessas, jactâncias ou bravatas sobre qualquer tipo de terapia, na minha opinião, é especulação e falta de ética com a Energia da Cura.

Quem conhece a Energia da Cura com profundidade sabe que ela se manifesta de diversas formas em tempos diferenciados de acordo com o contexto do paciente, sua visão e filosofia de vida.

É uma terapia silenciosa promovendo um diálogo entre a Energia da Cura, o consciente e o inconsciente do paciente.

Quando se estuda sobre energia quem sabe mais, fala menos. Este foi o meu primeiro aprendizado.

O que é a Fluidoterapia:

O nosso corpo é a soma de matéria e energia. Tramas energéticas, ou enredos energéticos, constroem e compõem o nosso corpo e adoecemos quando este circuito falha.

As energias deterioram, perdem a força e ficam sem vigor quando estão em um circuito no qual não há afinidade. Como exemplo cito a imagem de uma trança mal feita, com nós folgados que se desmancham facilmente.

Este “desmanche” no circuito humano provoca as doenças emocionais, mentais, orgânicas, espirituais, e por que não dizer, as doenças do caráter.

A Fluidoterapia é um conjunto de técnicas terapêuticas que visa a harmonização do circuito energético humano promovendo bem-estar, saúde, alegria e discernimento. Este conjunto de incentivos produz um efeito sadio e salutar no equilíbrio emocional, físico, mental e espiritual.

Popularmente podemos chamar a Fluidoterapia de Ciência que revigora os fios eletromagnéticos que constroem o nosso corpo.

Esta terapêutica tem recursos fundamentados na Fitoterapia, na Filosofia, nas Técnicas Corporais, na Alquimia e no Autoconhecimento.

Com esta apresentação buscamos incentivá-lo a conhecer a Fluidoterapia – Ciência Alquímica da Alma.

Halu Gamashi